abr 14

Reforço para o Paulistão

Comentários

Postado por: Reynaldo Salgado - 14/04/2014


O volante Hudson, que defendeu o Botafogo de Ribeirão Preto no Campeonato Paulista, é a mais recente contratação do São Paulo para o Campeonato Brasileiro que vai começar no final desta semana.

Nossa esperança é que ele se apresente, seja escalado, e mostre competência para vestir a camisa do Tricolor. Ele será apresentado nesta terça-feira, mas talvez ainda seja cedo para Muricy lhe entregar a camisa de titular.

A estreia no Brasileirão será contra o desgastado Botafogo, que mais uma vez enfrenta uma crise, por conta da eliminação da Copa Libertadores da América. O jogo é em casa e por isso o time tem a obrigação de iniciar a disputa com o pé direito, para que não venha a enfrentar o mesmo drama do ano passado, quando passou boa parte do Brasileiro na zona do rebaixamento.

Também merece destaque neste meu comentário a conquista do Paulistão pelo Ituano. Merece porque o clube do interior tem dois ex-são-paulinos, em postos estratégicos. Juninho Paulista como dirigente e Doriva como treinador. Ambos estão de parabéns pelo trabalho que apresentaram.

Enviar de e-mail Enviar por e-mail Ícone de comentário Comente 0 comentário

 

mar 31

Copa do Brasil e Brasileirão

Comentários

Postado por: Reynaldo Salgado - 31/03/2014


Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. O técnico Muricy Ramalho está preparando o time para as duas competições. Para mim fica a expectativa em torno de Alexandre Pato. Toda a torcida deve estar vivendo essa mesma expectativa. Será que ele vai desencantar com a camisa tricolor.

A estreia, em Maceió, contra o CSA, pela Copa do Brasil, não chegou a corresponder toda essa expectativa. Afinal, faltou maior entrosamento, uma vez que Pato não podia treinar com o elenco principal, que ainda disputava o Campeonato Paulista.

Mas agora não vamos ter mais desculpas. O Paulistão ficou para trás e com isso Muricy está tendo todo o tempo disponível para arrumar a equipe com Alexandre Pato. Nossa torcida é para que ele tenha a mesma sorte de Jadson, que foi para o Corinthians e em poucos jogos tornou-se um jogador indispensável para Mano Menezes.

Minha esperança é que nosso treinador aproveite bem esse tempo e que a equipe avance na Copa do Brasil e que também comece bem o Brasileirão, para evitar sustos como o do ano passado, quando ficamos bem próximos do rebaixamento.

Entendo também que ainda vamos precisar de reforços para o restante da temporada, providência que já deveria ter sido tomada pela diretoria.

Enviar de e-mail Enviar por e-mail Ícone de comentário Comente 0 comentário

 

mar 27

Mais uma eliminação melancólica

Comentários

Postado por: Reynaldo Salgado - 27/03/2014


Eliminação na Sul-Americana para a Ponte Preta e no Campeonato Paulista para o Penapolense. Dois resultados que ficam marcados na história do clube como fatos negativos e que nunca deveriam ter acontecido.

Vejo semelhanças entre as duas eliminações pois nos dois jogos o time tentou usar e abusar da condição de favorito, sem contudo mostrar futebol suficiente dentro de campo.

Mas, contra o Penapolense foi pior, pois além de o adversário não ter tradição, encarou o Tricolor de igual para igual dentro do Morumbi, e ainda nos eliminou na cobrança de pênaltis. Aliás, no ano passado, também perdemos nos pênaltis para o Corinthians.

Diz aquele ditado que "contra fatos não há argumentos". Por conta disso, reitero a análise que fiz antes da partida contra o Penapolense, lembrando da necessidade do time se recuperar nas partidas consideradas decisivas, sob pena de voltar a enfrentar um jejum de títulos.

Infelizmente, estamos provando que continuamos jogando sem raça, sem vontade, sem suar a camisa, nas decisões tipo mata-mata. Temos a Copa do Brasil pela frente e nossa meta é eliminar o CSA, clube que batemos no jogo de ida por apenas 1 a 0, sem contudo eliminar a necessidade do jogo da volta, que será no Morumbi.

E depois tem o Brasileirão, disputa que será nos pontos corridos e que não tem mais nosso time entre os favoritos. Basta ver o que aconteceu na competição do ano passado e as atuações desastrosas nas competições seguintes.

Enviar de e-mail Enviar por e-mail Ícone de comentário Comente 0 comentário

 

mar 25

Um momento decisivo

Comentários

Postado por: Reynaldo Salgado - 25/03/2014


O São Paulo está novamente vivendo uma etapa decisiva, agora na expectativa de avançar para a fase seguinte do Campeonato Paulista. Se passar pelo Penapolense, na noite desta quarta-feira no Morumbi, provavelmente já terá um jogo dificílimo no fim de semana contra o Santos FC na Vila Belmiro.

Então, será mais um teste do poderio da equipe, que já conseguiu quebrar o jejum de vitórias nos clássicos regionais, mas que ainda deixa a desejar em momentos decisivos dos campeonatos. Isso aconteceu no Paulistão do ano passado, quando fomos eliminados pelo Corinthians, e na Sul-Americana, quando fomos derrotados pela Ponte Preta.

Acho que o momento é muito importante para todos os jogadores se firmarem e, em alguns casos específicos, tentarem mostrar para o técnico Felipão que merecem um lugar na Seleção Brasileira que disputará a Copa. Caso por exemplo de Luis Fabiano. Não acredito que ele tenha chances, mas importa que faça sua parte em campo no sentido de ajudar o clube, que tanto o ajudou, a voltar a ganhar um título paulista.

Enviar de e-mail Enviar por e-mail Ícone de comentário Comente 0 comentário

 

mar 21

Nossa homenagem para Bellini, o capitão de 58

Comentários

Postado por: Reynaldo Salgado - 21/03/2014


O São Paulo deverá prestar merecida homenagem ao seu ex-zagueiro Hideraldo Luís Bellini, ou simplesmente o Bellini, que o futebol brasileiro perdeu na última quinta-feira. Homenagem mais do que merecida pela sua importância não só para a história do Tricolor.

Bellini foi daquela época em que os torcedores sabiam o nome completo de cada jogador da Seleção. Época em que alguns locutores do rádio chamavam Pelé, ainda engatinhando, de Edson Arantes do Nascimento.

Uma época romântica do nosso futebol, que desfilou com talento nos gramados da Suécia e conquistou pela primeira vez o cobiçado título de Campeão do Mundo, em 1958. E coube a Bellini, capitão daquele timaço, o privilégio de receber a Copa Jules Rimet e eternizar o gesto de levantá-la sobre a cabeça com os braços erguidos.

Enviar de e-mail Enviar por e-mail Ícone de comentário Comente 0 comentário

 

Página 1 de 130   |  próxima »»  |   ir para a página   

início blog


Editoria

Últimos posts

Posts anteriores


Ir para o topo da página

© 2001 - 2014 A Tribuna - ( Todos os direitos reservados )

wSoMa