ver perfil     
jan 02

A Base de Tudo!

Categorias de base

Postado por: Sérgio Bertóldi - 02/01/2014

Foto:                   A Base de Tudo!


Alô Nação Santista. Saudações Alvinegras.

Mais uma vez peço licença ao amigo leitor, para abordar um assunto dos mais apaixonantes, o trabalho realizado nas divisões de base do nosso Santos Futebol Clube.

Para os apaixonados pelo esporte, o mês de Janeiro é com certeza especial, principalmente para os que aguardam ansiosamente o início da Copa São Paulo de Juniores, e não me refiro apenas aqueles que tem amigos ou parentes envolvidos com a competição, mas aos que desejam acompanhar as possíveis revelações de seu time do coração. Este ano então, teremos mais um atrativo que foi o fato da Cidade de Santos, ter sido novamente escolhida como uma das sedes da competição. Com toda certeza muitas emoções, nossa famosa Vila irá reservar ao torcedor!

Neste quesito posso afirmar com absoluta certeza, não haver nos últimos anos torcedor mais satisfeito que o santista, afinal de contas, nenhum clube Brasileiro revelou tantos jogadores quanto o Santos, atletas com projeção nacional e internacional, só para mencionarmos alguns podemos colocar nesta lista Wesley, Robinho, PHGanso, Neymar, Rafael, Diego, André Adriano etc...

Neste início de temporada encontrei com alguns torcedores alvinegros, que manifestaram bastante preocupação com o desempenho do time nos torneios que irá disputar em 2014, principalmente por ser um ano atípico pois teremos uma Copa do Mundo sendo realizada aqui mesmo no Brasil, algo que ainda que momentaneamente desviará o foco das competições costumeiras.

Antes da Copa, prato principal teremos como aperitivo logo agora no comecinho de Janeiro a Copinha, torneio em que o Santos entra como detentor do título e pelo elenco que tem deve ser considerado como forte candidato a mantê-lo! já que foi o vencedor da competição passada, derrotando o Goiás por 3 a 1, no Estádio do Pacaembu. Neilton, Giva e Pedro Castro marcaram os gols da vitória alvinegra.

Com um futebol veloz, bonito e envolvente, o Santos tem chamado a atenção na fase de preparação para a Copinha Os meninos do Santos venceram, na última segunda-feira, o Sumaré, por 2 a 0, no CT Rei Pelé, no último amistoso antes da estreia na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Os gols do jogo foram marcados pelo meia Gustavo e pelo atacante Jorge Eduardo. O Peixe encara o Alecrim-RN, no próximo domingo, às 17h (de Brasília), na Vila Belmiro. A expectativa mais uma vez fica por conta do desempenho do atacante Neílton que inclusive foi o grande destaque do torneio do ano passado.

Espero não estar errado, mas por tudo que tenho acompanhado do trabalho de base do Santos, o torcedor do peixe continuará tendo muitas alegrias e por um bom tempo!

Enviar de e-mail Enviar por e-mail Ícone de comentário Comente 8 comentários

 

nov 12

Que Venha o Criciúma

Categorias de base

Postado por: Sérgio Bertóldi - 12/11/2013

Foto: Que Venha o Criciúma


Alô Nação Santista. Saudações Alvinegras.


Se o torcedor do Santos anda cabisbaixo e de cabeça inchada com o mal futebol apresentado pela equipe principal, o mesmo não se pode dizer quando voltamos nossas atenções para os Peixinhos da Vila, atuais campeões da Copa São Paulo de Futebol Júnior!
O Santos encara a partir desta nesta terça-feira (12), às 19 horas, na Vila Belmiro mais uma final com a equipe de Juniores. Agora pela Copa do Brasil!

Os Meninos da Vila recebem em casa a equipe Catarinense do Criciúma depois de uma classificação memorável com direito a uma virada incrível diante do Atlético Mineiro, o Peixe vem confiante para este grande desafio.

Com portões abertos, os atletas do Santos esperam o apoio maciço da torcida santista para mais uma partida que promete ser muito disputada. Os portões serão abertos a partir das 17h30.

Torcedor Santista compareça a Vila Belmiro! Leve o seu apoio aos nossos meninos!

Enviar de e-mail Enviar por e-mail Ícone de comentário Comente 9 comentários

 

jul 06

Sub-20 vence clássico

Categorias de base

Foto: Sub-20 vence clássico


Meus amigos, na manhã deste sábado a equipe sub-20 do Santos recebeu o Corinthians na Vila Belmiro e venceu por 3 a 2, gols do zagueiro Wallace, do meia Serginho e do atacante Diego. Apesar do placar apertado, o time comandado pelo técnico Pepinho sempre comandou as ações e poderia ter feito mais gols ao longo do jogo. O período de maior dificuldade veio após a expulsão do volante Alison (que fazia bom jogo), no segundo tempo.

O resultado deixou o Peixe na liderança do Grupo 6 do Campeonato Paulista, com 15 pontos, ao do Audax, que folgou na rodada.

Sobre a equipe, coletivamente o time mantém com Pepinho o mesmo padrão que tinha com Claudinei. Individualmente, destaque para o goleiro Gabriel, que quando foi acionado fez belas defesas; gostei também do volante Paulo Ricardo atuando como zagueiro (não sei se por improvisação ou experiência); no meio campo, o volante Lucas Otávio fez outra grande partida; e lá na frente o destaque foi o atacante Diego Cardoso. Sobre esse menino, já peguei muito no pé dele por achá-lo sem intensidade que um avante precisa demonstrar. Mas ele vem melhorando. Ainda não é o ideal, mas Diego já está mais esperto, fazendo gols e criando lances importantes.

O melhor em campo, no entanto, foi o meia Lucas Crispim (foto). Conhecido por muita gente pelo fato de ter namorado a irmã de Neymar, Lucas fez a função pelo lado direito com muita qualidade, organizando o time e chegando bem na frente. Quase fez seu gol ao acertar uma bela cobrança de falta na trave. Se for para comparar com alguém, Lucas Crispim me lembra os melhores momentos de Elano, bem no começo da carreira.

Mesmo com o time renovado, o sub-20 do Santos vai dando mostrar de que ainda continuará abastecendo a equipe principal, com jogadores de qualidade, por um bom tempo. Esse Lucas Crispim, por exemplo, me parece a bola da vez para 2014.

Até mais.

Enviar de e-mail Enviar por e-mail Ícone de comentário Comente 8 comentários

 

dez 29

A copinha está chegando

Categorias de base

Foto: A copinha está chegando


Meus amigos, o Santos segue se preparando para a próxima edição da Copa São Paulo de Juniores. Ao contrário do que se esperava, Victor Andrade e Gabriel Barbosa não farão parte do grupo dirigido pelo técnico Claudinei (foto). O primeiro está em período de férias e irá se apresentar ao elenco de profissionais. Já Gabigol ficará de fora pelo fato de a competição ter voltado a ser sub-20 (e não sub-18 como nas últimas três edições), o que poderia trazer mais dificuldades ao jovem atacante.

Ainda sobre a Copa SP, o clube divulgou ontem um texto sobre o período de preparação. Confiram.


Em busca do bicampeonato, Santos FC intensifica preparação para estreia diante do Remo (PA)

Bruno Giufrida

A uma semana da estreia na Copa São Paulo de Futebol Júnior, diante do Remo (PA), a equipe de Juniores do Santos FC segue firme na preparação pelo segundo título da competição. Desde o retorno do Campeonato Brasileiro Sub-20, no início deste mês, o time do técnico Claudinei Oliveira tem treinado em dois períodos no CT Rei Pelé.

“Estamos buscando o melhor de cada jogador para chegarmos na Copa São Paulo com força máxima. É uma competição muito importante para nós, por isso precisamos estar preparados e focados para buscarmos o título, que teria muito valor para o clube”, destacou o treinador do Peixe.

O título do Alvinegro Praiano na Copinha foi conquistado em 1984, com uma vitória por 2 a 1 diante do Corinthians, no Estádio do Canindé. Os santistas também chegaram à decisão em outras duas oportunidades, mas acabaram com o vice-campeonato: em 1982 perderam por 2 a 1 para a Ponte Preta; e em 2010 foram derrotados nos pênaltis para o São Paulo.

Em 2012, o Santos FC está no Grupo V da competição, com sede em Jaguariúna (SP). A estreia do time da Vila Belmiro é diante do Remo (PA), no dia 4 de janeiro (sexta-feira), às 16 horas. Na sequencia, o Peixe encara o São Mateus (ES) e o Corinthians (AL), nos dias 7 e 10, respectivamente. Todos os confrontos serão disputados no Estádio Alfredo Schiavetto.

Após os três jogos da fase de grupos, o primeiro colocado de cada chave, além dos sete melhores segundos colocados, avançam para a segunda fase da competição. A partir dessa etapa, os 32 clubes se enfrentam em duelos únicos eliminatórios até a decisão.

Confira a tabela de jogos do Alvinegro Praiano na primeira fase:

04/01 – 16 horas – Santos FC x Remo (PA) – SporTV
07-01 – 16 horas – Santos FC x AA São Mateus (ES) – SporTV
10/01 – 16 horas – Santos FC x SC Corinthians Alagoano (AL) - SporTV



***

Sobre a equipe profissional, o companheiro Fabiano Farah, da Rádio Globo, de São Paulo, informou nesta sexta-feira que as tratativas com Montillo estão adiantadas. A própria esposa do jogador disse que o argentino deve mesmo atuar no Santos. Ainda segundo Farah, o presidente Laor está disposto a abrir os cofres para também trazer Robinho e Nenê. E que existiria uma divergência nesse sentido com outros membros do Comitê Gestor, no caso: Caio de Stefano, Pedro Conceição e Luciano Moita.

O boletim da Rádio Globo informa também que Laor pretende anunciar os reforços até o dia 3 de janeiro.

***

O pai de Neymar disse que seu filho irá para a Europa após a Copa de 2014. E, provavelmente, para o Barcelona. Não sei o por quê de tanto espanto por parte de alguns. Isso já vem sendo dito nos bastidores faz tempo, inclusive dando conta de que o Santos não sairá de mãos abanando da história, com um acordo financeiro já estabelecido com o clube espanhol.

Gostaria muito que Neymar ficasse eternamente no Santos, mas entendo seu desejo de jogar fora do País e buscar maior reconhecimento internacional. Se ele confirmar na Europa seu potencial, pode ser algo bom até para o Santos, já que sua imagem está mais do que atrelada ao clube de Vila Belmiro. E, quando ele voltar, lá pelos 30, 31 anos, certamente pode retornar como o melhor jogador do mundo, de forma consolidada, o que traria grande visibilidade para o Alvinegro.

Por enquanto, o melhor é aproveitar para ver Neymar com a camisa santista e torcer para que ele continue escrevendo seu nome na história, com muitos gols e títulos.

Até mais.

Enviar de e-mail Enviar por e-mail Ícone de comentário Comente 13 comentários

 

dez 23

Gabigol vem aí

Categorias de base

Foto: Gabigol vem aí


Meus amigos, aos 16 anos, Gabriel Barbosa, o Gabigol, talvez possa ser a grande atração do Santos na próxima Copa São Paulo de Futebol Júnior, competição que este volta a ser sub-20 (nas últimas três edições foi sub-18). Sobre o assunto, o Globoesporte.com fez uma matéria bem legal com o jovem atacante que, depois da Copinha, deverá ser integrado ao elenco de Muricy Ramalho.

Joia 2013: Gabigol foca Copinha e almeja chance ao lado de Neymar

Com multa de R$ 136 milhões e 16 anos, meia-atacante já foi elogiado por Muricy, mas prefere primeiro destacar-se na Copa São Paulo

Por Lincoln Chaves

Há um tempo, em seu site oficial, o Santos reservava uma seção especial às principais promessas do clube, chamada "Santos do Amanhã". A página vinha com perfis dos três mais badalados nomes das categorias de base do Peixe. O mais velho deles, Neymar, 20 anos, já é uma realidade. O "do meio", Jean Chera, 17, deixou o Peixe brigado com a diretoria em 2011 e passou por Genoa-ITA e Flamengo, sem sucesso. Em 2013, será a chance para o terceiro "santista do amanhã" mostrar o porquê de o Alvinegro ter lhe observado com tanto carinho desde que chegou ao clube, aos oito anos. Trata-se de Gabriel Barbosa, o Gabigol.

Com apenas 16 anos, Gabriel já tem contrato de gente grande, com multa rescisória de 50 milhões de euros (cerca de R$ 136 milhões), a mesma de Neymar até a mais recente renovação do astro - em novembro do ano passado - e idêntica à de outra promessa do clube, Victor Andrade. Para 2013, já há a expectativa até de que passe a treinar com o time principal, ao lado dos "parças" Neymar e Victor. Gabigol, porém, quer dar um passo de cada vez, e tem como primeiro objetivo estar na próxima Copa São Paulo, em janeiro.

- A expectativa (de estar na Copa São Paulo) é muito boa. Venho treinando muito para isso. Se tudo der certo, e o Claudinei (Oliveira, técnico do sub-20) me convocar, espero estar com meus amigos para fecharmos o grupo e saírmos campeões. Quero jogar bem, fazer gols e, depois, quem sabe, se o professor Muricy (Ramalho, técnico) chamar, eu possa chegar ao grupo (principal) - diz o garoto, que jogou a temporada 2012 pelo sub-17 do Peixe, mas vem treinando com os juniores nas últimas semanas.

Claudinei, por sua vez, ainda não divulgou os inscritos do Santos na competição e não descarta dar uma das vagas a Gabriel, a quem faz elogios. O treinador, porém, pede cautela com a promessa do Peixe já que, em 2013, a Copinha voltará a ser sub-20 após três anos limitada a garotos até 18 anos, o que significa que o meia-atacante terá rivais quatro anos mais velhos pela frente - cenário, aliás, parecido com o que Neymar encarou em 2008, ano que disputou o torneio pela primeira vez, aos 15 anos.

- O Gabriel é um jogador com muita qualidade e boa finalização. Tem que evoluir muito taticamente, mas é normal, já que ele esteve (em 2012) no primeiro ano como juvenil. É um menino com um futuro muito bom. Mas é preciso cuidado. O Victor Andrade foi para a Copinha deste ano aos 16 anos, mas a idade-limite era 18. Agora, é sub-20 outra vez. É complicado, até para preservar o atleta de uma lesão. Estamos avaliando (a convocação de Gabriel para a Copinha), mas vamos definir o que for melhor para todos - explica.

Copinha à parte, não é exatamente ela que fará de Gabriel um rosto conhecido do torcedor santista - até porque ele já é. Enquanto conversava com a reportagem do GLOBOESPORTE.COM, na Vila Belmiro, várias crianças de uma escola de Santos que faziam visita monitorada ao estádio reconheceram o garoto e gritaram por seu nome. Recentemente, em jogo beneficente promovido pelo ex-atacante Serginho Chulapa, Gabigol foi rapidamente identificado pelos jornalistas presentes e logo se viu cercado por microfones. Um assédio que não preocupa o jovem alvinegro.

- Já estou (acostumando), sim. A molecada já me conhece, pede pra tirar foto nos treinos, mas estou tranquilo. Vou continuar fazendo as mesmas coisas, só com um pouco mais de cautela. Não sair tanto, ficar um pouco mais na minha, mas sempre dando atenção para todo mundo - afirma.

Primeiros passos no futebol

Não há como desatrelar o título brasileiro de 2002 conquistado pelo Santos com a vinda de Gabriel para a Vila Belmiro. Afinal, o sucesso dos Meninos da Vila Diego e Robinho fez com que a diretoria voltasse os olhos à base e à caça de promessas - como Neymar, que chegou ao Peixe, em 2003. Em 2004, foi a vez de Gabigol, então com apenas oito anos, desembarcar no litoral indicado por José Ely de Miranda, o Zito, ídolo santista e à época coordenador das categorias de base do Alvinegro.

Antes de ir para o Santos, Gabriel atuava pelo São Paulo. Para treinar no Tricolor, encarava uma rotina nada fácil: eram quatro ônibus por dia (dois para ida, dois para volta) de São Bernardo do Campo, sua cidade-natal, até a capital paulista. E foi justamente em uma partida de futsal contra o Peixe que "Gabigol" chamou atenção, sendo convidado para um teste no Alvinegro - que, por sua vez, deu apoio para Gabriel e família trocarem o ABC pelo litoral. Uma decisão que, na verdade, não foi difícil para ninguém: tanto o meia-atacante como os pais são santistas.

Como o Santos à ocasião não tinha categorias destinadas à faixa etária de Gabriel, o garoto acabou tendo de jogar contra meninos até cinco anos mais velhos. O que não o impediu de mostrar serviço.

- Eles (meninos mais velhos) pensavam que eu era gato (jogador com idade adulterada). Por ser mais novo, sofria bastante (risos). Sempre partia com a bola, para cima. Ia passando, passando... Só me pegavam na porrada mesmo. E perguntavam: "você tem oito anos mesmo, moleque?" (risos) - recorda.

Gabriel foi goleador em todas as categorias pelas quais já passou no Santos. O curioso é que, apesar do apelido Gabigol, ele não é um jogador de área, mas um meia-atacante de velocidade, que joga pelos lados (e que, mesmo canhoto, costuma atuar pela direita). É convocado para as seleções de base desde os 14 anos, e em 2012, teve até o gostinho de treinar algumas vezes com o time principal, nas ocasiões que Muricy Ramalho convidou o time sub-17 para integrar as atividades no CT Rei Pelé - e agradou ao chefe.

Assinar o primeiro contrato profissional com o Santos seria a sequência natural da jovem carreira de Gabriel, mas o São Paulo apareceu na parada e tentou reconduzir o garoto para o Morumbi - interesse revelado pelo pai do jogador, mas que a diretoria tricolor nega. Apesar disso, o coração alvinegro pesou, e Gabigol ficou na Vila Belmiro, assinando o novo vínculo em setembro.

- Sou santista desde pequeno, então chegar aqui foi um sonho. O Santos fez tudo para mim desde pequeno. Não é qualquer clube que aposta em um menino de oito anos. Pelo carinho que tenho por todos, pelos treinadores que me ajudaram, é que quis ficar - valoriza o meia-atacante, que detém 40% de seus direitos econômicos (o Santos é o dono dos outros 60% e tem prioridade na compra da porcentagem do jogador).

Outro sonho

Além de disputar a Copa São Paulo, outro sonho de Gabriel para 2013 é chegar ao time profissional. Se isso ocorrer, Gabigol não estará sozinho, já que mantém contato com vários jogadores do elenco, sejam eles também oriundos da base ou não.

- Tem o Victor (Andrade); o Bill, que é meu parceirão; o Felipe Anderson, que também é da base como eu... O Edu Dracena, sempre que o vejo, ele dá conselhos, uns puxões de orelha (risos)... Sempre tento conversar com eles. O tempo deles não é muito grande, mas estão sempre dando conselhos - contou, sem esquecer de Neymar, a quem já considera mais que um amigo.

- O Neymar já passou de amigo para ser um ídolo. É muito humilde, gente boa... Dá conselhos, está sempre brincando... É um cara muito, muito legal - destaca.

Gabriel garante, no entanto, que a idolatria a Neymar nada tem a ver com o corte de cabelo ousado que ostenta - um tipo de moicano misturado com uma franja. O corte, segundo o garoto, é de estilo próprio.

- Estou sempre mudando um pouco, fazendo coisas diferentes, mas é meu cabelo mesmo, não tem nada do Neymar, não. Ainda não tem um nome, mas daqui para frente, quem sabe tenha (risos) - descontrai.

Ficha técnica
Nome: Gabriel Barbosa Almeida
Posição: meia-atacante
Nascimento: 30 de agosto de 1996, em São Bernardo do Campo (SP)
Altura: 1,76m
Peso: 68Kg

***

Dica de passeio, informa o site oficial do Santos:


Memorial das Conquistas é opção de passeio nos dias 24 e 31 deste mês

Por conta das festas de final de ano – natal e ano novo – o Memorial das Conquistas do Santos FC terá uma programação especial a partir da próxima semana. No dia 24 e no dia 31 o Museu funcionará das 9 às 14 horas (bilheteria até 13 horas). Já nos dias 25 e 01 o Memorial não funcionará.

***

O vice-presidente do Milan, Adriano Galliani está vindo para o Brasil negociar Alexandre pato com o Corinthians e Robinho com Santos ou Flamengo. O dirigente, inclusive, já revelou que os dois atletas querem deixar a Itália.

Espero que o Santos, nessa história, não leve uma rasteira do time carioca. E que Robinho não vire as costas para o clube que o projetou.

***

Para encerrar, mais dois vídeos da Santos TV, com a participação de Edu Dracena e Léo, na série Meu Natal Santástico.

Até mais.



Enviar de e-mail Enviar por e-mail Ícone de comentário Comente 14 comentários

 

Página 1 de 6   |  próxima »»  |   ir para a página   


Ir para o topo da página

© 2001 - 2014 A Tribuna - ( Todos os direitos reservados )

wSoMa