ver perfil   
out 20

VAMOS PRECISAR DE VOCÊ, HENRIQUE

Bastidores

Postado por: José Carlos Gomes - 20/10/2014


Amigos palmeirenses, o Verdão não ocupa posição confortável no Brasileiro, pois enfrentará adversários complicados nas próximas rodadas e corre risco do rebaixamento, assim como alguns outros clubes.

Henrique, porém, é o artilheiro isolado do Nacional e não deixa de ser uma ponta de esperança para os torcedores, pois sabemos que nosso atacante luta por um mínimo de espaço na área contrária. E pode ajudar o Alviverde Imponente diante de Cruzeiro, Corinthians, Bahia, Atlético-MG, São Paulo e demais adversários na reta final.

Sucessor de Hernán Barcos e Alan Kardec, o rapaz não deu certo no Santos e a partir dos gols assinalados pela Portuguesa de Desportos despertou o interesse dos dirigentes palestrinos.

Consta que a diretoria movimenta-se para fechar a contratação em definitivo do jogador vinculado ao Mirassol. A importância investida seria de dois milhões de reais. Dentro da realidade do mercado brasileiro, entendo ser viável.

Por enquanto, vale reforçar a torcida pelos gols do moço. Henrique, precisamos de você. Com um agravante: caso Valdívia não enfrente o Corinthians, devido ao julgamento na quarta-feira, irá faltar o homem do lançamento para nosso goleador.

Contra o Cruzeiro, no entanto, o Mago vai atuar. E Henrique também.


Enviar de e-mail Enviar por e-mail Ícone de comentário Comente 0 comentário

 

out 19

"UM GOSTO AMARGO"

Fim de jogo

Postado por: José Carlos Gomes - 19/10/2014


Amigos palmeirenses, Dorival Júnior admitiu a derrota com "um gosto amargo". Pois é, futebol tem dessas coisas e o negócio é dar a volta por cima.

Com uma marcação adiantada, o Verdão dominou boa parte do primeiro tempo, embora sem objetividade.

Valdívia, o aniversariante do dia, comandava o time palestrino e Henrique desperdiçou oportunidade para marcar na primeira etapa.

Lucas Lima, que estava apagado, começou a aparecer aos 40 minutos, no lançamento para Geuvânio abrir o placar, em um vacilo de Lúcio e João Pedro.

Logo depois, novamente Lucas Lima destacou-se na cobrança de uma infração e na bobeada do sistema defensivo, Gabriel ampliou para os santistas.

No segundo tempo, o terceiro gol praticamente definiu o vencedor e as alterações de Dorival não surtiram efeito, apesar do esforço de Mazinho, que realizou a jogada concluída por Henrique no gol esmeraldino.

Os trinta e três mil torcedores presentes no Pacaembu ficaram com a sensação de que apenas Valdívia jogava o que podia e a galera vaiou Wesley, no momento da substituição do volante. O chileno foi aplaudido pela torcida palmeirense durante o segundo tempo, mas somente ele não resolve.

Realmente, o gosto amargo do tropeço sinaliza dias difíceis para o comandante periquito, pois o Cruzeiro será o próximo adversário.

Enviar de e-mail Enviar por e-mail Ícone de comentário Comente 0 comentário

 

out 18

SANTOS TEM MAIS RECURSOS

Bastidores

Postado por: José Carlos Gomes - 18/10/2014


Amigos palmeirenses, tudo indica que será um clássico de arrepiar. Qualquer resultado pode ser considerado normal, mas entendo que o Santos tem mais recursos para chegar ao triunfo.

Afinal, o time pode estar desgastado pelo fato de ter jogado na quinta-feira, mas Robinho está inteiro. E a equipe goleou com autoridade. Não houve necessidade de aplicação durante os noventa minutos contra os botafoguenses, na Copa do Brasil.

O Palmeiras terá Valdívia, no dia em que completa 31 anos. O meia deve fazer tudo que for possível para conduzir o Alviverde à conquista da quarta vitória consecutiva. E Henrique está na briga pela artilharia do Brasileiro.

O goleiro Fábio foi relacionado para sentar no banco de reservas e o time deve contar mesmo com Marcelo Oliveira.

Portanto, iniciaremos com Fernando Prass; João Pedro, Lúcio, Tobio e Juninho; Victor Luis, Marcelo Oliveira, Wesley e Valdívia; Cristaldo e Henrique.

Para finalizar, registro as classificações das equipes Sub-15 (triunfo por 3 a 0 sobre o Mirassol) e Sub-17 (vitória por 1 a 0 diante da Penapolense), ambas em Americana.

Enviar de e-mail Enviar por e-mail Ícone de comentário Comente 0 comentário

 

out 17

"NOSSA EQUIPE CRESCEU MUITO"

Bastidores

Postado por: José Carlos Gomes - 17/10/2014


Amigos palmeirenses, na entrevista concedida aos repórteres que acompanham os treinos do Verdão, o meia Valdívia reconheceu que o time cresceu muito nas últimas partidas.

Humilde, o jogador disse que nada tem a ver com o fato dele ser o novo capitão, mas admitiu que está ansioso por estrear a nova Arena com a tarja, diante do Atlético-MG.

Valdívia está correto quanto à evolução da esquadra palestrina. Afinal, vencemos o Grêmio no sábado e convencemos. O Santos será outro poderoso adversário, ainda mais embalado pela goleada na Copa do Brasil. E a garotada do Enderson Moreira não parece desgastada. Vai ser um ótimo clássico.

Preocupado, Dorival Júnior fechou o treino, tanto na quinta como na sexta-feira. O zagueiro Lúcio, com dores na coxa, foi preservado.

O provável Alviverde Imponente: Fernando Prass; João Pedro, Lúcio, Tobio e Juninho; Victor Luis, Marcelo Oliveira, Wesley e Valdívia; Henrique e Cristaldo.

Enviar de e-mail Enviar por e-mail Ícone de comentário Comente 0 comentário

 

out 16

SEM ´CHORORÔ´?

Bastidores

Postado por: José Carlos Gomes - 16/10/2014


Amigos palmeirenses, Jorge Valdívia pode ficar fora do clássico diante do Corinthians, pois o efeito suspensivo obtido pelo Verdão será julgado na próxima quarta-feira.

Portanto, o chileno poderá enfrentar o Cruzeiro, que não vive bom momento, uma vez que o referido jogo vai ocorrer na mesma quarta-feira.

Sim, o risco é grande da ausência do Mago contra os corintianos. Seria lamentável, mas aquele pisão em um jogador do Flamengo deve render, infelizmente.

Bem, contra o Santos, Valdívia estará em campo e o jogador pretende atuar com desenvoltura, segundo comentou na entrevista coletiva concedida nesta quinta-feira. Afinal, o dia 19 de outubro é especial para o moço, que completará 31 anos.

E o atleta aproveitou para dar apoio ao presidente Paulo Nobre, na tentativa da reeleição. O meia não tem bom relacionamento com Wlademir Pescarmona, o candidato da oposição, desde a época em que o postulante trabalhou no Departamento de Futebol Profissional. Entendo que os jogadores deveriam ficar à margem do processo político, mas cada um sabe de si.

Enviar de e-mail Enviar por e-mail Ícone de comentário Comente 0 comentário

 

Página 1 de 361   |  próxima »»  |   ir para a página   

início blog


Editoria

Últimos posts

Posts anteriores


Ir para o topo da página

© 2001 - 2014 A Tribuna - ( Todos os direitos reservados )

wSoMa